Skol
Reposter
| Filme


Redondo é sair do seu passado: Skol legitima novo posicionamento e faz releitura de peças publicitárias antigas da marca

O mundo mudou. Evoluiu. E a SKOL, que vem incorporando cada vez mais a pluralidade, a inclusão e o respeito em sua postura, sabe que algumas de suas peças publicitárias do passado já não a representam mais.

A cerveja iniciou o ano convidando todas as pessoas a saírem do quadrado, da zona de conforto, e abrirem os olhares para novas perspectivas e para a beleza que existe nas diferenças. Agora, SKOL cria o movimento Redondo é Sair do seu Passado.

O uso da figura feminina nas campanhas, como foi feito no passado, não representa já há algum tempo o posicionamento da marca e este projeto nasce para legitimar a evolução de SKOL.

Oito artistas foram convidadas para fazerem releituras de pôsteres antigos da marca e mostrarem, com a sua arte, as mulheres do jeito que SKOL as vê, fortes e independentes. São elas: Eva Uviedo, Elisa Arruda, Carol Rosseti, Camila do Rosário, Manuela Eichner, Tainá Criola, Sirlaney Nogueira e Evelyn Queiroz, a Negahamburguer.

Como resultado, surgiram diferentes visões e estilos, mas o mesmo ponto em comum: a mulher empoderada. O processo de criação das novas peças deu origem a um filme para o digital, que entrou no ar ontem a noite, Dia Internacional da Mulher, na página da cerveja no Facebook. Além disso, no site da SKOL haverá informações sobre as artistas e o trabalho que realizam, detalhes sobre a produção de cada pôster e um espaço para as pessoas indicarem bares e outros pontos de venda que eventualmente ainda tenham peças antigas, para que essas possam ser substituídas.

“Toda vez que nos deparamos com peças antigas de SKOL, que mostram posicionamentos distantes do que temos hoje, surge uma vontade de redesenhá-las e reescrevê-las. Então, percebemos que é possível fazer isso e o primeiro passo foi assumir o passado para mostrar a nossa evolução. Para legitimar ainda mais este momento, fizemos questão de dar espaço para mulheres dizerem como gostariam de ser representadas, fazendo essa releitura de pôsteres antigos. Queremos cada vez mais dar voz a quem defende o respeito. Amplificando e aprofundando ações que conversem com o posicionamento da marca. Não é apagar a história. Ela aconteceu, mas ficou no passado. E redondo é deixar para trás o que não te representa mais.”, comenta Maria Fernanda de Albuquerque, diretora de marketing de SKOL.

O projeto, que teve concepção da F/Nazca Saatchi & Saatchi, poderá ser visto nas redes de SKOL.

Tags: , , , , ,